Logo do Radar industrial

FAÇA SUA BUSCA NO MAIOR BUSCADOR INDUSTRIAL DO BRASIL
 

Bem-Vindo ao Radar Industrial.
Verificamos que esse é seu primeiro acesso. Leia antes de usar:

Este é um portal de busca de produtos e serviços industriais.

NOTA: Todos os produtos dispostos no portal pertencem aos seus respectivos fabricantes, representantes e distribuidores. O Radar Industrial e a Editora Banas não vendem os produtos e serviços publicados neste site.

Saiba mais acessando a página "Sobre o Radar"

Procura um produto específico? Digite o nome do produto/serviço nos campos acima e veja uma lista de empresas fabricantes. Para acessar o contato da empresa é preciso ser cadastrado.

Faça seu cadastro gratuitamente aqui!

Busca alguma empresa ou fabricante? Clique em "Empresas", faça uma rápida procura e encontre fabricantes e representantes desejados.

Tamanho das letras

Indústria - 04/12/2020

70% dos painéis elétricos no Brasil não atendem às normas

 Hoje, no Brasil, 70% dos painéis elétricos comercializados não atendem todas as normas que estão em vigor. É o que afirmou o Engenheiro Eletricista Fábio Amaral, durante sua participação no Cinase, maior evento do setor elétrico da América Latina e que foi realizado neste ano de modo digital. 

Segundo Amaral, que é diretor da Engerey - especializada na montagem de painéis certificados - o principal motivo que contribui para que não existam muitos painéis do tipo no país é a falta de conhecimento do usuário final, que procura, na maioria das vezes, o preço mais acessível. “Existe, ainda, a cultura de se comprar pelo preço. E para se produzir painéis certificados e ensaiados é necessário um determinado perfil de montadores e temos poucos com o perfil no país. A empresa precisa, também, ser capacitada, ter uma equipe técnica treinada, processos claros e bem definidos. Estes requisitos elevam seu valor final”, diz Fábio Amaral.

Outro motivo que contribui para essa realidade é a falta de conscientização em relação aos perigos que a eletricidade apresenta e os riscos que a falta de certificação e realização de todos os ensaios dos produtos pode trazer para uma instalação elétrica, entre eles risco de vida, como choques que podem levar à morte, e ao patrimônio, como prejuízos com a paralisação de maquinário na indústria, por exemplo.

Fábio Amaral explica que existem duas normas atualmente em vigor no Brasil para painéis elétricos certificados: a ABNT NBR IEC 60439 - que deixará de ter validade no final do ano de 2021 - e a ABNT NBR IEC 61439 - que foi publicada em 2016 e, após um período de adequação de cinco anos, passará a ter obrigatoriedade de conformidade no ano de 2022. 

 "Uma surgiu para substituir a outra. A ABNT NBR IEC 61439 passou a utilizar o conceito 'painel verificado' e eliminou os conceitos TTA (conjuntos totalmente verificados) e PTTA (conjuntos parcialmente verificados) descritos na ABNT NBR IEC 60439. Havia falta de clareza na descrição desta última norma, o que facilitava a comprovação de conformidade sem a sua correta aplicação", explica o especialista da Engerey.

engerey.com

Mais Eventos

Mais Eventos

Notícias

publicidade