Logo do Radar industrial

FAÇA SUA BUSCA NO MAIOR BUSCADOR INDUSTRIAL DO BRASIL
 

Bem-Vindo ao Radar Industrial.
Verificamos que esse é seu primeiro acesso. Leia antes de usar:

Este é um portal de busca de produtos e serviços industriais.

NOTA: Todos os produtos dispostos no portal pertencem aos seus respectivos fabricantes, representantes e distribuidores. O Radar Industrial e a Editora Banas não vendem os produtos e serviços publicados neste site.

Saiba mais acessando a página "Sobre o Radar"

Procura um produto específico? Digite o nome do produto/serviço nos campos acima e veja uma lista de empresas fabricantes. Para acessar o contato da empresa é preciso ser cadastrado.

Faça seu cadastro gratuitamente aqui!

Busca alguma empresa ou fabricante? Clique em "Empresas", faça uma rápida procura e encontre fabricantes e representantes desejados.

Tamanho das letras

Indústria - 12/08/2019

Alimentos coloridos garantem mais nutrientes no prato

Preparar um almoço de negócios ou para uma reunião em família requer criatividade para agradar os convidados. Um prato colorido e com diferentes tipos de alimentos desperta a atenção e curiosidade daqueles que estão em volta da mesa, e ainda, a imaginação e sensação de prazer. Porém, as cores dos alimentos não agradam apenas aos olhos, elas determinam também os tipos de nutrientes ingeridos pelas pessoas. 

De acordo com o Manual de Sucos da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, a coloração dos alimentos é determinada pela predominância de nutrientes específicos, que são benéficos à saúde. Quanto maior a variedade de alimentos e cores no prato, mais rica e completa em nutrientes será a refeição, diz a publicação. 

Os alimentos verdes como o pimentão e o salsão, por exemplo, são fontes de antioxidantes que previnem o envelhecimento precoce e ricos em vitaminas A e C. Já os vermelhos, como morango, tomate e maçã, auxiliam na prevenção da degeneração das células e ajudam na circulação sanguínea. Cenoura, damasco e manga, alimentos de coloração alaranjada, são fontes de betacaroteno e cardioprotetores, além de beneficiarem o sistema imunológico. 

Há também os alimentos brancos, que auxiliam na formação e manutenção dos ossos, caso do leite, queijos e iogurtes; os roxos, como a beterraba e as uvas, que têm atividade anti-inflamatória e os marrons, como os feijões, nozes, castanhas e cereais integrais, que são fontes de fibras e regulam o trânsito intestinal.
 

saacomunica@sp.gov.br

Mais Eventos

Mais Eventos

Notícias

publicidade