Logo do Radar industrial

FAÇA SUA BUSCA NO MAIOR BUSCADOR INDUSTRIAL DO BRASIL
 

Bem-Vindo ao Radar Industrial.
Verificamos que esse é seu primeiro acesso. Leia antes de usar:

Este é um portal de busca de produtos e serviços industriais.

NOTA: Todos os produtos dispostos no portal pertencem aos seus respectivos fabricantes, representantes e distribuidores. O Radar Industrial e a Editora Banas não vendem os produtos e serviços publicados neste site.

Saiba mais acessando a página "Sobre o Radar"

Procura um produto específico? Digite o nome do produto/serviço nos campos acima e veja uma lista de empresas fabricantes. Para acessar o contato da empresa é preciso ser cadastrado.

Faça seu cadastro gratuitamente aqui!

Busca alguma empresa ou fabricante? Clique em "Empresas", faça uma rápida procura e encontre fabricantes e representantes desejados.

Tamanho das letras

Economia - 17/12/2020

Empresas devem ficar atentas ao planejamento tributário para 2021

Já estamos próximos de um novo ano e, com isso, surgem dúvidas sobre o exercício fiscal que está se aproximando. Empresas brasileiras, dos mais variados portes e tipos de atividades, são orientadas a ficarem atentas ao planejamento tributário para 2021. Existem vários aspectos a serem analisados nesse momento, como a pandemia do Coronavírus e a reforma tributária. Por isso, conforme especialistas, realizar o planejamento antecipadamente é a melhor estratégia para evitar gastos desnecessários neste ano que já está batendo à porta, principalmente no que relaciona a tributos e ao governo.

A contadora e diretora da Contax Contabilidade e Planejamento Tributário, Debora Christiane Correa, explica que esse é um excelente momento para iniciar o planejamento tributário. “Para alterar o regime tributário da empresa é necessário a mudança do ano-calendário, ou seja, a passagem de um ano para o outro. É com a análise nos resultados do ano anterior e no orçamento para o próximo exercício que sugerimos qual a sistemática tributária mais indicada para a empresa optar para o próximo ano. Não existe um prazo certo para fazer o planejamento tributário, mas o indicado é nos três últimos meses ou janeiro do próximo ano, visto que, o resultado poderá impactar nos custos da empresa, orçamentos, adaptação de sistemas, portanto, o ideal é iniciar o ano já com essa informação”.

O planejamento tributário é uma ferramenta essencial para garantir uma gestão fiscal eficiente. “É no planejamento tributário que a empresa traça um plano delimitado de como agir para conseguir reduzir ao máximo e de forma legal, o valor do imposto pago, ao ponto que define estratégias para garantir que todas as etapas da gestão tributária corram bem”, informa Debora.

www.contaxcontabilidade.com.br

Mais Eventos

Mais Eventos

Notícias

publicidade