Logo do Radar industrial

FAÇA SUA BUSCA NO MAIOR BUSCADOR INDUSTRIAL DO BRASIL
 

Bem-Vindo ao Radar Industrial.
Verificamos que esse é seu primeiro acesso. Leia antes de usar:

Este é um portal de busca de produtos e serviços industriais.

NOTA: Todos os produtos dispostos no portal pertencem aos seus respectivos fabricantes, representantes e distribuidores. O Radar Industrial e a Editora Banas não vendem os produtos e serviços publicados neste site.

Saiba mais acessando a página "Sobre o Radar"

Procura um produto específico? Digite o nome do produto/serviço nos campos acima e veja uma lista de empresas fabricantes. Para acessar o contato da empresa é preciso ser cadastrado.

Faça seu cadastro gratuitamente aqui!

Busca alguma empresa ou fabricante? Clique em "Empresas", faça uma rápida procura e encontre fabricantes e representantes desejados.

Tamanho das letras

Máquinas - 09/08/2018

Ferramenta avalia condições dos amortecedores dos veículos

 Uma nova ferramenta desenvolvida pelo CTTi – Centro de Tecnologia, Treinamento e Inovação -, ligado à Cia. DPaschoal, permite que os proprietários dos veículos, por meio do “barulho” dos amortecedores, consigam identificar se ele está realmente precisando ser trocado.

Foram dois anos de pesquisas e testes realizados com mais de 300 veículos para criar uma ferramenta extremamente confiável e, ao mesmo tempo, simples. Ela consiste em um microfone especial colocado no corpo do amortecedor que captura o som dos movimentos da suspensão, indicando a real condição da peça.

Batizada de “áudio shock”, a ferramenta apresenta um índice de 97% de assertividade. Para permitir maior confiabilidade no diagnóstico dos amortecedores e a maior compreensão por parte dos leigos, as ondas sonoras podem ser visualizadas com auxílio de um aparelho celular, em um desenho parecido com um eletrocardiograma. Essa é uma das inúmeras patentes registradas pelo CTTi da DPaschoal de ferramentas que beneficiam os consumidores.

A preocupação da DPaschoal ao oferecer ferramentas para diagnóstico das peças automotivas é permitir maior transparência no relacionamento com os proprietários de veículos, evitando trocas desnecessárias e, também, o descarte incorreto, contribuindo com o meio ambiente.

“Quando o consumidor reclama que o amortecedor está “batendo”, é comum que os mecânicos façam o diagnóstico da peça apenas com base na quilometragem do veículo ou movimentando a suspensão. Mas, isso é muito relativo, pois o desgaste dos amortecedores depende de uma série de fatores. Grande parte das pessoas não entende de mecânica e, por isso, fica em dúvida quando o mecânico orienta para a troca de uma peça. A nossa ferramenta mostra, de forma efetiva, as condições de uso dos amortecedores, municiando o cliente com informações, antes que ele decida ou não pela substituição destas peças. Além disso, antes dos testes, o cliente pode observar um gabarito para comparar com os amortecedores em boas condições”, explica Leandro Vanni, gerente do CTTi.

www.autoz.com.br

Mais Eventos

Mais Eventos

Notícias

publicidade