Logo do Radar industrial

FAÇA SUA BUSCA NO MAIOR BUSCADOR INDUSTRIAL DO BRASIL
 

Bem-Vindo ao Radar Industrial.
Verificamos que esse é seu primeiro acesso. Leia antes de usar:

Este é um portal de busca de produtos e serviços industriais.

NOTA: Todos os produtos dispostos no portal pertencem aos seus respectivos fabricantes, representantes e distribuidores. O Radar Industrial e a Editora Banas não vendem os produtos e serviços publicados neste site.

Saiba mais acessando a página "Sobre o Radar"

Procura um produto específico? Digite o nome do produto/serviço nos campos acima e veja uma lista de empresas fabricantes. Para acessar o contato da empresa é preciso ser cadastrado.

Faça seu cadastro gratuitamente aqui!

Busca alguma empresa ou fabricante? Clique em "Empresas", faça uma rápida procura e encontre fabricantes e representantes desejados.

Tamanho das letras

Mercado - 01/10/2020

Marketing digital ganha força no mercado B2B

Se a pandemia obrigou o comércio em geral a adaptar os seus serviços ao ambiente digital para atender o consumidor final, o mercado B2B (business to business) também pode encontrar na internet uma importante fonte de novos negócios.

Segundo pesquisa realizada recentemente pelo LinkedIn, compradores B2B estão 2,7 vezes mais propensos a preferir interações digitais às tradicionais conversas de vendas. E no Brasil, 57% das empresas devem aumentar seu investimento na área de tecnologia de vendas em 10% ou mais durante a pandemia e depois dela.

O marketing digital da Allonda, empresa de engenharia que atende o setor industrial e de infraestrutura, está resultando em importantes possibilidades de novos negócios à companhia. Na comparação do primeiro semestre desse ano com o mesmo período de 2019, registrou um crescimento de 109% nos valores dos negócios gerados pelos seus canais digitais. Dentre essas plataformas, o WhatsApp foi a ferramenta que apresentou melhor desempenho na captação e relacionamento com possíveis novos clientes, com um expressivo aumento de 225%.

"O ticket médio dos negócios gerados pelo WhatsApp também experimentou um incremento de 153%", revela Renata Vaterkemper, head de marketing e sustentabilidade da empresa, ao explicar que o comportamento do ciclo de venda da empresa normalmente é de médio e longo prazo. "Nosso pipeline com negócios gerados por nossos canais de marketing podem durar meses, antes de se concretizarem ou não em venda, já que desenvolvemos soluções de engenharia altamente customizadas", conta Renata, ressaltando que o início dos investimentos em comunicação nos meios digitais da Allonda se deu ainda em 2015.

marcopaulo@libris.com.br

Mais Eventos

Mais Eventos

Notícias

publicidade