Logo do Radar industrial

FAÇA SUA BUSCA NO MAIOR BUSCADOR INDUSTRIAL DO BRASIL
 

Bem-Vindo ao Radar Industrial.
Verificamos que esse é seu primeiro acesso. Leia antes de usar:

Este é um portal de busca de produtos e serviços industriais.

NOTA: Todos os produtos dispostos no portal pertencem aos seus respectivos fabricantes, representantes e distribuidores. O Radar Industrial e a Editora Banas não vendem os produtos e serviços publicados neste site.

Saiba mais acessando a página "Sobre o Radar"

Procura um produto específico? Digite o nome do produto/serviço nos campos acima e veja uma lista de empresas fabricantes. Para acessar o contato da empresa é preciso ser cadastrado.

Faça seu cadastro gratuitamente aqui!

Busca alguma empresa ou fabricante? Clique em "Empresas", faça uma rápida procura e encontre fabricantes e representantes desejados.

Tamanho das letras

Indústria - 05/05/2020

Setor de energia busca por mais projetos de robotização durante a pandemia

Entender o que é a automação de processos tem sido cada vez mais fácil durante os últimos anos. Esse recurso, adotado por empresas de diferentes setores, torna-se popular principalmente por causa dos benefícios que traz, como gerar mais eficiência, reduzir custos e minimizar erros. Mas, mesmo com essa aparente popularidade, poucos eram os setores que de fato investiam nesses projetos – um cenário que começa a mudar de forma acelerada com a COVID-19, afirma a Minsait, uma empresa Indra.

De acordo com a companhia, referência em projetos de automação usando softwares (RPA), a pandemia tem contribuído para que cada vez mais setores busquem pelos benefícios que esse tipo de solução pode trazer, especialmente pela ausência de mão-de-obra humana quase obrigatória em meio ao cenário atual. Setores como Energia, Oil&Gas, Financeiro, Seguros, Telecom e Indústria têm sido os principais responsáveis pelo aumento por esse tipo de aplicação nos últimos meses.

“O setor de Energia representava 15% do total dos nossos projetos de RPA no Brasil e, hoje, nossas projeções apontam que esse percentual pode chegar a 40%. O setor financeiro segue o mesmo ritmo, passando de 10% para aproximadamente 20% em curto prazo. Além disso, temos projetos fechados recentes com um banco digital, uma seguradora e uma indústria de bens e consumo. Nosso pipeline cresce semanalmente”, destaca Flávio Carnaval, head de Tecnologias Avançadas da Minsait no Brasil.

www.minsait.com

Mais Eventos

Mais Eventos

Notícias

publicidade